Home Sobre A.A. Visão Geral O Livro Viver Sóbrio

Viver Sóbrio

A RESPEITO DO TÍTULO

 

vsobrio.gifMesmo as palavras “ficar sóbrio” – quanto mais viver sóbrio – ofendiam muitos de nós quando as ouvíamos pela primeira vez. Embora tivéssemos bebido um bocado, jamais nos sentíamos bêbados e estávamos convencidos de que nem mesmo parecíamos embriagados.

Muitos de nós nunca cambaleávamos, caíamos ou enrolávamos a língua; muitos outros nunca cometeram desordens, nunca perderam um dia de trabalho ou, positivamente, jamais foram internados em hospitais nem presos por embriaguez.

Conhecíamos muitas pessoas que bebiam muito mais do que nós e outras totalmente incapazes de controlar a bebida. Nós não éramos assim. Por isso, a sugestão de que talvez devêssemos “ficar sóbrios” era quase insultante.

Além disso, parecia desnecessariamente drástica. Como poderíamos viver assim? Certamente nada de mal poderia haver nuns dois aperitivos no almoço de negócios, ou antes, do jantar. A gente não tem o direito de tranqüilizar-se com uns tragos ou algumas cervejas antes de dormir.

Contudo, depois que aprendemos algumas realidades sobre a doença chamada alcoolismo, mudamos de opinião. Nossos olhos abriram-se para o fato de que, ao que parece, milhões de pessoas são portadoras da doença do alcoolismo. A ciência médica não explica sua “causa”, mas os médicos especialistas em alcoolismo garantem que um só gole traz contratempo ao alcoólico ou bebedor problema. E nossa experiência confirma isso com exuberância.

Desta maneira, não beber nada – isto é, ficar sóbrio – torna-se a base da recuperação do alcoolismo. E repetimos para frisar bem: viver sóbrio não é absolutamente desagradável, aborrecido e desconfortável como prevíamos; é, sobretudo, algo que começamos a desfrutar e a considerar mais excitante do que nossos dias de bebedeira. Vamos mostrar-lhe como.

Viver Sóbrio

Procurar Assistência Especializada

Provavelmente, todo alcoólico recuperado já precisou e já procurou assistência especializada que não a oferecida pelo A.A. Por exemplo, os dois primeiros membros do A.A., seus co-fundadores, tiveram...

Porque não Beber

Nós, membros de Alcoólicos Anônimos, encontramos a resposta a esta pergunta quando olhamos honestamente para nossa vida passada. Nossa experiência prova claramente que a menor dose causa dificuldade...

Evitar o Primeiro Gole

Expressões comumente ouvidas no A.A. são: “Se você não tomar esse primeiro gole, não pode ficar bêbado” e “Uma bebida é demais, e vinte não satisfazem”. Muitos de nós, quando começamos...

O Plano da 24 horas

Em nossos dias de bebedeira, freqüentemente passamos tão mal que juramos: “Nunca mais!” Fizemos votos até por um ano ou prometemos a alguém que não iríamos beber durante três semanas ou três...

Experimentar os Doze Passos

“Quando tudo mais falha”, dizia um médico de roça, “siga as instruções”. Até agora nada falamos a respeito dos Doze Passos oferecidos por A.A. como programa de recuperação do alcoolismo,...

Oração da Serenidade

A PRÁTICA DA ORAÇÃO DA SERENIDADE - do livro Viver Sóbrio cap. 7 Nas paredes de milhares de salas de reuniões de A.A., pode-se ver em pelo menos cinco idiomas, a seguinte invocação: Concedei-nos,...
Secured by Siteground Web Hosting