Segunda, 24 Abril 2017 10:17

COMISSÃO DE AGENDA - Recomendações aprovadas

Escrito por 
Avalie este item
(1 Voto)

1977, Recife-PE, 1ª CSG

Recomenda:

  1. Recomendamos a criação de um Comitê de Informação Publica no Escritório de Serviços Gerais (CLAAB), composto preferencialmente por membros de A.A. que exerçam atividades afins (jor­nalistas, radialistas, publicitários, etc.), que se reunirá regularmente para conhecer problemas relacionados com divul­gação da Irmandade, esclarecendo as fontes e planejando pro­gramas informativos a nível nacional.
  2. Recomendamos que os papéis timbrados da JUNAAB sejam utilizados para as seguintes finalidades e somente pela Diretoria, o Escritório de Serviços Gerais e os Delegados:
  3. a)Comunicações Oficiais da Diretoria da Junta;
  4. b)Comunicações gerais e respostas a consultas de Grupos, Intergrupos e Escritórios Centrais, pelo Escritório de Serviços Gerais;
  5. c)Comunicações de reuniões com os Representantes de Serviços Gerais (RSGs) e confirmação do dia, hora e local da realiza­ção da Assembleia Estadual anual, pelos Delegados estaduais.
  6. Esclarecemos que os Escritórios Centrais e Intergrupais têm atribuições de caráter local ou regional, não sendo confundidos com a estrutura, nacional de serviços, que possui sua base através do RSG e, como órgãos deliberativos, as Assembleias Estaduais e a Conferência de Serviços Gerais.
  7. Existe uma preocupação de grande número de Grupos que utilizam as “fichas” de ingresso e de aniversários de sobriedade relacionada com a padronização a nível nacional. Sugerimos que os Escritórios Centrais e lntergrupais, comunicando-se entre si, elaborem um plano conjunto, objetivando alcançar esta uniformidade.

 

1978, Belo Horizonte-MG, 2ª CSG

Recomenda:

  1. 1.-Sugerimos uma melhor observância das 30 recomendações aprovadas pela 1ª Conferência de Serviços Gerais, realizada em Re­cife, e sua maior divulgação, em virtude do não cumprimento ou cumprimento apenas parcial de algumas, observadas as modificações introduzidas nas de números 3, 4, 8 e 22, que passam a ter a seguinte redação:
  2. a)(nº 3) - Esclarecemos que os Escritórios Centrais, Intergrupais e Comitês de Área ou equivalentes, embora com atribuições de caráter local ou regional, devem fazer parte da estrutura nacional de serviços, pois também têm por base o RSG, tal como as Convenções, Assembleias Estaduais e a própria Conferencia de Serviços Gerais, que são órgãos deliberativos.
  3. b)(nº 4) - A fim de padronizar as fichas que os Grupos brasi­leiros utilizam por ocasião de ingresso e tempo de sobrieda­de, sugerimos a adoção das seguintes: Ingresso - ficha amarela; 3 meses - azul; 6 meses – rósea; 9 meses – vermelha; 1 ano - verde claro; 2 anos - verde escuro; 5 anos – branca; 10 anos – dourada.
  4. c)(nº 8) - Recomendamos fixar como uma de nossas metas a criação de uma revista nos moldes do “The AA Grapevine” e “El Mensaje”, devendo o assunto ser sempre motivo de apreciação pela Comissão de Literatura e Publicações, a cada Conferên­cia.
  5. d)(nº 22) – Ressaltamos que a falta de “reconhecimento”, apoio e adesão à Conferência, JÜNAAB ou CLAAB por parte de alguns Grupos de AA, não deve jamais ser motivo de atitudes recípro­cas, posto que nossa UNIDADE depende da participação de todos em nossa estrutura de serviços gerais.
  6. 2.-Recomendamos o envio de dois Delegados Nacionais à próxima Conferência Mundial de Serviços, com ajuda de custo de 500 (quinhentos dólares) para cada representante, havendo recur­sos para tal à disposição do CLAAB. Três requisitos devem ter os candidatos a representar o Brasil na Reunião de Serviço Mundial:
  7. a)Ter recursos financeiros para auxiliar o CLAAB em 50% dos gastos.
  8. b)Falar inglês razoavelmente.
  9. c)Ter bons conhecimentos da estrutura de serviços de A.A., com experiência mínima de três anos.
  10. 3.-Recomendamos que os oradores oficiais dos Conclaves sejam selecionados pela Comissão Organizadora, dentre os nomes indicados pelos Delegados.
  11. 4.-Recomendamos aos Delegados, guardiães das Tradições de AA, envidar todo esforço possível para que os Grupos não deem qualquer conotação religiosa-partidária em suas reuniões, lembrando sempre o que dispõe a nossa Sexta Tradição sobre o assunto.
  12. 5.-Lembramos que a JUNTA é patrocinadora dos Conclaves Nacionais e a ela compete designar os membros de cada Comissão Organizadora, sendo automática a inclusão dos Delegados do Estado onde se realizará o Conclave, na referida Comissão: que esta Comissão deverá apresentar o relatório do Conclave na Conferência de Serviços Gerais subsequente, mas terá um prazo de 30 (trinta) dias, depois de terminado o evento, para remeter ao CLAAB o balanço financeiro.
  13. 6.-Tendo em vista a Recomendação nº 2, letra “b”, da 1ª Conferência de Serviços Gerais, esclarecemos que o CLAAB deverá ser sempre tratado como ESCRITÓRIO DE SERVIÇOS GERAIS (ESG), salvo quando atuar como Centro de Distribuição de Literatura.
  14. 7.-Finalmente, recomendamos aos Srs. Delegados que, na encolha do Presidente e lº Secretário da JUNAAB, sejam considerados como fatores indispensáveis o procedimento sóbrio do primeiro e a capacidade intelectual do segundo.

1979, São Paulo-SP, 3ª CSG

Recomenda:

  1. 1.-Remendamos que o item O6/78, na parte referente a sistemática das contribuições dos Grupos, seja estudada nesta Conferência pela Comissão de Finanças. Tal medida visa dar tempo maior às contribuições que custearão parte dos gastos na participação dos Delegados Nacionais à Conferência Mundial.
  2. 2.-Recomendamos que as lntergrupais, Escritórios Centrais e Comitês de Áreas, se capacitem para fornecer informações publicas nos seus escritórios, podendo para tanto constituir Comitês ou Comissões, compostos preferencialmente por membros de A.A. que exerçam atividades afins, que se reunirão regularmente para conhecer problemas relacionados com a divulgação da Irmandade. Para uniformizar esses Escritórios, mediante solicitação, o material disponível sobre o assunto. Deverá também o CLAAB programar a publicação de literatura a respeito.
  3. 3.-Recomendamos que para a próxima Conferência sejam constituídos grupos de trabalho para análise e exposição dos seguintes temas: I- Dinheiro em A.A.; II- Cooperação Al-Anon e Alateen; III - A literatura em A.A.; IV- Estrutura de Serviços Gerais.
  4. 4.-Lembramos aos Delegados Estaduais que o prazo para a remessa sugestões aos Delegados Nacionais para a Agenda da Conferência Mundial de 1980 expira-se em 31 de dezembro de 1978.
  5. 5.-A Comissão Considera que esta Conferência transcorre em perfeita normalidade, sob todos os aspectos, estando de parabéns os responsáveis por sua organização.
  6. 6.-Considerando a solicitação da Representação do Estado do Espirito Santo, a Comissão achou por bem recomendar que sejam mencionadas as falhas por ventura surgidas, nos Conclaves anteriores e apresentadas sugestões para sua solução e remetidas à Comissão Organizadora do VI Conclave de A.A.

1980, Porto Alegre-RS, 4ª CSG

Recomenda:

  1. Recomendamos a criação de um Comitê de Informação Pública no Escritório de Serviços Gerais, composto preferencialmente por membros de Alcoólicos Anônimos que exerçam atividades afins (jornalistas, radialistas, publicitários, etc.) que se reunirá regularmente para conhecer problemas relacionados com divulgação da Irmandade, esclarecendo as fontes e plane­jando programas informativos a nível nacional. Insistimos no seu cumprimento.
  2. Recomendamos que:
  3. I.Os papeis timbrados da JUNAAB sejam usados exclusivamente pela Diretoria e pelos Delegados Estaduais:
  4. a)Em comunicações da Diretoria da Junta.
  5. b)Pelos Delegados Estaduais, quando das comunicações de Assembleias de Representantes de Serviços Gerais (RSGs), atendimento a consultas de Grupos, Intergrupais, Centrais de servi­ços e nos atos circulares.
  6. II.Os papeis timbrados do Escritório de Serviços Gerais sejam usados em respostas a consultas de Grupos, Intergrupais, Centrais de serviços e comunicações com Delegados Estaduais.
  7. III.Os papeis timbrados do CLAAB serão usados exclusivamente por este órgão, em comunicações referentes à literatura e publicações.
  8. Recomendamos que seja eliminada a Recomendação 11-79, tendo-se em vista que a definição da mesma está plenamente explícita nos Estatutos da JUNAAB e do CLAAB.
  9. Recomendamos que os Delegados Nacionais preencham os seguintes requisitos:
  10. a)Ter bons conhecimentos da estrutura de serviços de A.A. com experiência mínima de 3 (três) anos;
  11. b)Falar a língua inglesa, até a implantação por parte dos organizadores da Reunião Mundial de um Sistema de Tradução Simultânea, pelo menos para o idioma espanhol;
  12. c)Se possível, ter recursos financeiros para custear as despesas de viagem em 50% de montante.
  13. Segundo informações do Delegado Eloy T., o apadrinhamento a Portugal foi tentado, sem resultado. Recomenda-se prosseguir na tentativa.
  14. A Comissão declara-se insatisfeita em não poder apreciar o relatório apresentado pelos Delegados Nacionais, de sua participação na V Conferência Mundial de Serviços Gerais, uma vez que as cópias xerográficas não apresentam condições de leitura. O relatório apresentado não corresponde ao trabalho desenvolvido pelos dois Delegados num evento de A.A. Mundial. Por outro lado, registra um voto de louvor ao magnífico trabalho apresentado pelo Delegado Benedito         Eloy Vasco de Toledo, em sua participação no encontro Ibero Americano, realizado em Bogotá, Colômbia. A Comissão lamenta não dispor de tempo para uma apreciação detalhada deste substancial trabalho.
  15. A Comissão deixa para apreciar o Relatório da Coordenação do VI Conclave, após a sua realização.
  16. Recomenda-se que os Delegados tragam seus relatórios, sucintos, por escrito.

DEFINIÇÃO DA COMISSÃO DE AGENDA:

Preparar a Agenda com o material fornecido pela outras Comissões, ordenando e redistribuindo esse material: - Informar às demais Comissões que o recebimento das proposições encerra-se 180 dias antes da realização da Conferência seguinte. Cabe a essa Comissão, o preparo das pastas das Comissões, entregando-as com 30 dias de antecedência à realização da Conferência Os membros da Comissão mantêm-se em contato permanente com o coordenador, mesmo que por correspondência, durante todo período compreendido entre uma Conferência e outra. Tratar de todo assunto não atribuído às outras Comissões.

  1. Recomenda-se a todos os Delegados Estaduais que estejam bem informados com respeito à formação da Junta de Custódios bem como as qualificações necessárias para a indicação dos mesmos. Que havendo em sua Área pessoas com as qualificações necessárias procurem fazer com que se entrosem em nossa estrutura de serviços, enfim, cresçam em conhecimentos sobre os princípios de A.A.

 

1981, São Paulo-SP, 5ª CSG

COMISSÃO DE AGENDA - DEFINIÇÃO DA COMISSÃO DE AGENDA

ü  Preparar a Agenda com o material fornecido pelas outras Comissões coordenando e redistribuindo esse material.

ü  Informar as demais Comissões que o recebimento das proposições encerra-se 180 dias antes da realização da Conferência seguinte, cabendo ao ESG, o preparo das pastas das Comissões, entregando-as com 30 dias de antecedência à realização da Conferência.

ü  Os membros da Comissão mantêm-se em contato permanente com o coordenador, mesmo-através de correspondência, durante todo o período compreendido entre uma Conferên­cia e outra: tratar de todo o assunto não atribuído a outras Comissões.

Recomenda:

  1. 1.-Recomendamos a criação de um Comitê de Informação Pública do Escritório de Serviços Gerais, composto preferencialmente por membros de Alcoólicos Anônimos que exerçam atividades afins (jornalistas, radialistas, pu­blicitários, etc.) que se reunirá regularmente para conhecer problemas relacionados com divulgação da Irmandade, esclarecendo as fontes, planejando programas in­formativos a nível nacional.
  2. 2.-Recomendamos o ESG a divulgar um roteiro geral para divulgação da Irmandade.
  3. 3.-Recomendamos que:
  4. I.Os papeis timbrados da JUNAAB sejam usados exclusivamente pela Diretoria e pelos Delegados Estaduais:
  5. a)Em comunicações da Diretoria da Junta.
  6. b)Pelos Delegados Estaduais, quando das comunicações de Assembleias de Representantes de Serviços Gerais (RSGs), atendimento a consultas de Grupos, Intergrupais, Centrais de servi­ços e nos atos circulares.
  7. II.Os papeis timbrados do Escritório de Serviços Gerais sejam usados em respostas a consultas de Grupos, Intergrupais, Centrais de serviços e comunicações com Delegados Estaduais.
  8. III.Os papeis timbrados do CLAAB serão usados exclusivamente por este órgão, em comunicações referentes à literatura e publicações.
  9. 4.-Recomendamos que os Delegados Nacionais preencham os seguintes requisitos:
  10. a)Ter bons conhecimentos da estrutura de serviços de A.A, com experiência mínima de 5 (cinco) anos.
  11. b)Falar a língua inglesa, até a implantação por parte dos organizadores da Reunião Mundial de um Sistema de Tradução Simultânea, pelo menos para o idioma espanhol;
  12. c)Se possível, ter recursos financeiros para custear as despesas de viagem em 50% de montante.
  13. 1.-Recomendamos que os Delegados tragam seus relatórios conforme modelo a ser elaborado pela Comissão de Agenda, a ser encaminhado pelo ESG, com a devida antecedência, bem como trazer cópias para serem distribuídas às demais delegações.
  14. 2.-Recomendamos que os relatórios sejam preenchidos pelo Delegado antigo com a participação do Delegado novo.
  15. 3.-Recomendamos a todos os Delegados Estaduais que estejam bem informados com respeito á formação do conselho de custódia, bem com ás qualificações necessárias para in­dicação dos mesmos. Que havendo em sua Área pessoas com as qualificações necessárias procurem fazer com que se entrosem em nossa estrutura de serviços, enfim, cresçam em conhecimentos sobre os princípios de A.A.
  16. 4.-Recomendamos que na VII Convenção Nacional o Grupo Cen­tral do Brasil, último remanescente, pioneiro da fundação de A.A. no Brasil seja homenageado.
  17. 5.-Recomendamos o estudo para criação de uma Reunião Naci­onal de lntergrupais (Escritórios Regionais de Serviços) que coincida com a realização das Convenções Nacio­nais, após a Conferência de Serviços Gerais.

COMENTÁRIOS:

01-     A Comissão de Agenda apreciando o relatório parcial do Comitê Organizador da VII Convenção Nacional resolve dar um voto de confiança aos companheiros encarregados daquele evento, desejando que o mesmo sirva para estreitar, cada vez mais a Unidade de A.A.

02-     A Comissão de Agenda apreciando os relatórios dos Dele­gados Estaduais e verificando algumas falhas, por excesso ou omissão sugere a padronização dos relatórios através de formulário a ser elaborado por esta Comissão conforme Recomendações de números 5 e 6,

03-     A Comissão de Agenda congratula-se com o parecer do Conselho Fiscal.

1982, Fortaleza-CE, 6ª CSG

Recomenda:

  1. Sugerimos a observância das Tradições 1ª, 3ª e 5ª em re­lação aos Companheiros e companheiras com outros problemas além do alcoolismo.
  2. Sugerimos a formação de uma Comissão para tratar do 3º Encontro Ibero-Americano a realizar-se em Brasília-DF sob a Coordenação do Companheiro Eloy, Delegado Nacional, caben­do aos mesmos organizar sua equipe da melhor maneira que lhe prover.
  3. Sugerimos a unificação dos organismos de A.A. em serviço através da JUNAAB. Matéria encaminhada à Comissão Especial.
  4. Sugerimos ao Plenário um voto de louvor ao Companheiro Waldir do CLAAB e sua equipe por ter dado continuidade ao trabalho do saudoso Tio Nico de forma incisiva. Sugerimos a padronização de fichas de ingresso até trinta anos. Encaminhado para e estudos em Comissão própria. Quanto a recomendações da agenda própria assim decidiu:
  5. a)Cumprida em parte, mas os Delegados não têm recebido os pa­péis timbrados. Solicitamos enviar.
  6. b)Solicitamos cumprimento.
  7. c)Cumprido em parte, mas os Delegados não têm recebido os pa­péis timbrados. Solicitamos enviar.
  8. Cumprida menos a parte final. Aguarda-se.
  9. Reiteramos.
  10. Manter na integra.
  11. A ser cumprida pelo Comitê Organizador.

1983, São Paulo-SP, 7ª CSG

Recomenda:

  1. Mantida (com alteração) acrescentando-se: “O mesmo recomenda aos Escritórios Centrais, Intergrupais e/ou Comitês de Área”.
  2. Mantida (com alteração), a saber: ... a exemplo do Guia de informação nº 01 da Central Mexicana”.
  3. Mantida sem alterarão,
  4. Mantida sem alteração.
  5. Mantida com alteração, a saber: “... modelo elaborado pela Comissão de Agenda, e encaminhado ao ESG com a devida antecedência. Que os trabalhos complementares sejam distribuídos às demais delegações, em cópias a parte”.
  6. Mantida sem alteração.
  7. Mantida sem alteração.
  8. Cumprida.
  9. Mantida, sem alteração.
  10. Mantida sem alteração.
  11. Cumprida.
  12. Mantida sem alteração.
  13. Mantida (acrescentando-se): ...30 anos, nas seguintes cores, Ingresso – amarela; 3 meses – azul; 6 meses - rosa; 9 meses – vermelha; 1 ano - verde; 2 anos - verde madrepérola - Luxo; 3 anos - marrom; 4 anos - tomate; 5 anos - branco (gravada); 6 anos - amarela (clara); 7 anos - azul clara; 8 anos - amarela ouro; 9 anos - laranja; 10 anos - ouro velho; 15 anos - azul (gravada); 20 anos - lilás (gravada); 25 anos, vermelha (gravada) e 30 anos - bicolor, (azul e branca).
  14. Recomendamos que para a fundação de Intergrupais, seja avaliada e aprovada sua necessidade pelos Delegados Estaduais, Diretoria das Centrais de Serviços, bem como dos Representantes lntergru­pais.
  15. Recomendamos que todas as regiões que desejarem promover eventos deverão consultar, previamente, a Comissão de Agenda, que marcará a data livre e mais conveniente para A.A. como um todo.
  16. Recomendamos que as palestras em escolas, instituições, hospi­tais, presídios, etc., sejam realizadas com prévio conhecimento de nossos órgãos de serviços e Delegados.
  17. Recomendamos que a JUNAAB dê melhor atendimento as consultas feitas por correspondência, por Grupos e Escritórios de Servi­ços.
  18. Recomendamos que o Boletim BOB publique um artigo esclarecendo que o nome de nossa Irmandade é Alcoólicos Anônimos e não Alcoólatras Anônimos.
  19. Recomendamos a divulgação do livreto “Carta a uma mulher alcoólica”, corno forma de atração do sexo feminino para nossa irmanda­de, dando-se-lhe enfoque especial nas reuniões públicas e even­tos de
  20. Recomendamos a padronização do nome das Centrais De Serviços de Alcoólicos Anônimos, seguida do nome do estado correspondente, conforme modelo anexo.
  21. Recomendamos que sejam realizadas Reuniões temáticas para estu­do dos 12 Passos, 12 Tradições, 12 Conceitos de A.A, e Manual de Serviço.

1984, Blumenau-SC, 8ª CSG

Recomenda:

  1. Recomendamos a criação de um Comitê de Informação ao Público no ESG, Escritórios Centrais, Intergrupos ou Comitês de Área objetivando a divulgação da nossa Irmandade. Aprovada por unanimidade.
  2. Recomendamos que os papéis da JUNAAB sejam usados exclusiva mente em caráter oficial pelos membros da mesma, para assun­tos da Irmandade. Aprovada por unanimidade.
  3. Recomendamos que os Delegados Estaduais tragam seus relatórios para serem distribuídos às demais Delegações, eliminando assim, a leitura em plenário. Aprovada por maioria.
  4. Recomendamos a cada Delegado Estadual, que esteja tomando posse na Conferência, que apresente, verbalmente, sua experiência pessoal de serviços, reportando-a num lapso de tempo máximo de três minutos (uma página datilografada em espaço 2). Aprovada por unanimidade.
  5. Recomendamos que o modelo do relatório anual dos Delegados Estaduais seja elaborado pela Junta de Custódios e distribuído em tempo hábil. Aprovada por unanimidade.
  6. Recomendamos que as Centrais de Serviços e ou lntergrupais, estudem a necessidade para uma reunião especifica que coincida com a realização das Convenções Nacionais, esse estudo será estregue aos Delegados Estaduais, para apreciação da Comissão de Agenda na 9ª Conferência. Aprovada por unanimidade.
  7. Recomendamos manter a padronização das fichas, nas seguintes cores: Ingresso, amarela; três meses, azul: seis meses, rosa; nove meses, vermelha; um ano, verde: dois anos, verde madre- pérola luxo; três anos marrom; quatro anos, tomate; cinco anos, branca gravada: seis anos, amarela gravada: sete anos, azul clara: oito anos, amarelo ouro; nove anos, laranja; dez anos, azul gravada; vinte anos, lilás gravada; vinte cinco anos, vermelha gravada; trinta anos, bicolor - azul e branca: e que as mesmas sejam adquiridas junto ao ESG. Aprovada por unanimidade.
  8. Recomendamos à Junta de Custódios, o estudo da padronização dos organismos de serviços de A. A. Aprovada por unanimidade.
  9. Recomendamos que todas as regiões que desejarem promover eventos deverão comunicar previamente à Comissão de Agenda, para publicação no BOB. Aprovada por unanimidade.
  10. Recomendamos que as palestras em Escolas, Instituições, Hospitais, presídios, etc., sejam realizados com prévio conhecimento de nossos órgãos de Serviços Regionais e Delegados. Aprovada por unanimidade.
  11. Recomendamos que nas divulgações, correspondências, etc., se­ja frisado que o nome de nossa Irmandade é Alcóolicos Anônimos e não Alcoólatras Anônimos e que o Boletim BOB publique um artigo a esse respeito. Aprovada por unanimidade.
  12. Recomendamos que nas reuniões públicas e eventos de A.A., seja dado enfoque especial ao alcoolismo feminino. Aprovada por unanimidade.
  13. Recomendamos a padronização das Centrais de Serviços de Alcoólicos Anônimos, cujo nome deve ser seguido do nome do Estado correspondente. Aprovada por unanimidade.
  14. Recomendamos a padronização do distintivo de lapela a nível nacional, ficando a sua distribuição a cargo, do ESG. (Circulo e Triângulo - cores azul e branco). Aprovada por unanimidade.
  15. Recomendamos que os assuntos que serão debatidos na Confe­rência sejam enviados à Comissão de Agenda, no transcorrer do ano, para seleção e distribuição às respectivas Comissões. Aprovada com objeção apenas do companheiro Lavor, do Piauí, o qual fez questão de constar em ata.
  16. Recomendamos que todas as correspondências individuais de cada Estado, atinentes a A.A. em seu todo, sejam dirigidas ao Delegado Estadual, a fim de que sejam tomadas as providências necessárias. Aprovada por unanimidade e com aclamação.
  17. Recomendamos que sejam realizadas Reuniões temáticas para estudos dos 12 Passos, 12 Tradições, 12 Conceitos de A.A. e Manual de Serviço. Aprovada por unanimidade. Manual de Serviço
  18. Recomendamos que a Convenção Nacional seja realizada em rodízio, levando-se em conta as situações geográficas dos Es­tados, altemadamente, conforme indicação da Comissãode Agenda e que preencham os requisitos necessários – Aprovada por unanimidade.
  19. Recomendamos que os Estados que pleitearem a Convenção Nacional, enviem, em tempo hábil, o questionário a ser elaborado pela Comissão de Agenda e distribuído aos Delegados Estadu­ais. Aprovada.

1985, São Paulo-SP, 9ª CSG

Recomenda: (O CAHist não possui o registro – se houve)

1986, João Pessoa-PB, 10ª CSG

Recomenda: (O CAHist não possui o registro – se houve)

1987, São Paulo-SP, 11ª CSG

Recomenda:

  1. Pauta para a Conferência de 1988:

01-     Abertura da Conferência.

02-     Aprovação dos Estatutos.

03-     Reunião das Comissões.

04-     Temáticas.

05-     Deliberação / Leituras / Aprovação das Recomendações.

06-     Sugestões para a melhoria sobre o trabalho do Grupo.

07-     Trabalhos de CCP, CIP, e COI.

1988, Curitiba-PR, 12ª CSG

Recomenda:

  1. A Comissão de Agenda da Conferência de Serviços Gerais de A.A. no Brasil, reunida hoje, no salão de reuniõers da Casa dos Cursilhos de Cristiandade de Curitiba-PR, após apreciação e debates da Proposta de Agenda apresentada pela Junaab para pautar os trabalhos da XII Conferência, resolveu, pela unanimidade de seus membros abaixo nomeados e assinados (1), recomendar ao plenário sua integral aprovação. Outros itens referentes à Agenda da próxima Conferência serão submetidos à apreciaqção da Comissão de Sede em sua promeira reunião.

Curitiba-PR, 26 de março de 1988.

N.T. (1): Seguem-se os nomes completos e assinaturas de:

Um Custódio Classe B

Um Delegado de Área do MS

Um Delegado de Área do PA

Um Delegado de Área do ES

Um Delegado de Área da BA

Um Delegado de Área do RS

Um Delegado de Área do AM

Um Delegado de Área de SE

Um Delegado de Área de MG

1991, Santos-SP, 15ª CSG

Recomenda:

  1. Recomenda como tema para a XVI Conferência de Serviços Gerais de A.A. do Brasil: "O Grupo - Mudança na Matriz". Aprovada pela maioria.
  2. Recomenda que cada Área envie um trabalho sob o titulo acima, até 30 de novembro p.f. para publicação na apostila, em três (3) laudas datilografadas em espaço 2. Aprovada por unanimidade.
  3. Recomenda às Áreas que apresentem suas sugestões ã formação da Agenda até 31 de dezembro, impreterivelmente. Aprovada por unanimidade.

1992, Brasilia-DF, 16ª CSG

Recomenda:

  1. Se proceda a alteração na ordem de apresentação do relatório da Junta, da seguinte forma:
  • CLAAB
  • Revista
  • ESG
  1. Seja aceita a admissão do companheiro do Chile, como ouvinte ficando em aberto para os demais convidados.
  2. Os Grupos e Comitês de Distrito encaminhem sugestõespara enriquecimento des­ta comissão unicamente através do Comitê de Ãrea, até o dia 31 de dezembro do respectivo ano, impreterivelmente.
  3. Quanto à admissão como membro participante da Conferência, de um Delegado dos Encontros Nacionais de CENSAAs/ISAAs, entendemos gue se trata de matéria esta­tutária, não nos cabendo tratá-la como recomendação.
  4. Quanto ã criação da Junta Estadual de A.A., entendê-mo-la prejudicada por já haver uma comissão de reforma estatutária e Manual de Serviço, devendo portan­to ser encaminhada a respectiva Comissão.
  5. Que seja encaminhado o trabalho apresentado pelo Comitê de Área de Minas Gera­is, denominado "Procedimentos Primários para Ações do CTO" à Comissão Especial do T.O.
  6. Elimine-se, tendo em vista que ja existe a Comissão de Reforma do Manual de Serviço.
  7. Para a Conferência de 1993, o tema "Vivenciando a Literatura e Reformando a Matriz" que as Áreas desenvolvam essa ação no próximo ano e apresentem trabalho por escrito, para publicaçãona próxima apostila.
  8. Seja feita a apresentação em plenário do trabalho da Comissão Especial "Um Guia para Convenções".
  9. Seja aprovada a Agenda contida na apostila da 16ª Conferência de Serviços Ge­rais, com as devidas alterações.

1993, Santos-SP, 17ª CSG

Recomenda:

  1. Que os Grupos e Comitês de Distrito, encaminhem sugestões para enriqueci­mento desta Comissão unicamente através do Comité de Área, ate o dia 31 de dezembro do respectivo ano, impreterivelmente. Aprovada por maio­ria absoluta.
  2. Que seja aprovada a Agenda contida na apostila da 17ª Conferência de Servi­ços Gerais, com as devidas alterações.  Aprovada por unanimidade.
  3. Para a Conferência de 1995, o tema "A Literatura de A.A. e os Três Legados". Que as Áreas desenvolvam ação nesse sentido.  Aprovada por maioria simples.
  4. Que sejam admitidos a participar, como observadores, os Delegados de qual­quer país, sem direito a voto.  Aprovada por maioria simples.
  5. Para a XVIII Conferência de Serviços Gerais de 1994, o tema "Serviço, Privilégio de Cada Um". Que as Áreas desenvolvam essa ação e apresentem trabalho por escrito para publicação na próxima apostila.  Aprovada por unanimidade.

1994, Teresina-PI, 18ª CSG

Recomenda:

  1. Que os Grupos e Comitês de Distritos, encaminhem sugestões para enriquecimento desta Comissão, através do Comitê de Área, até o dia 30 de novembro do ano que antecede a Conferência, impreterivelmente, e que o Comitê de Assuntos da Conferência (CAC) encaminhe a compilação das sugestões de recomendações enviadas pelas Áreas do Brasil, aos Delegados de Área, até 30 de janeiro do ano da Conferência.  Aprovada por maioria simples.
  2. Que seja aprovada a Agenda contida na apostila da XVIII Conferência de Serviços Gerais, com as devidas alterações.  Aprovada por unanimidade.
  3. Para a Conferência de 1996 o tema "Autonomia de Grupo à Luz da 4ª - Tradição".   Que desenvolvam ação nesse sentido.   Aprovada por unanimidade.
  4. Que sejam admitidos a participar como observadores da Conferência, os Delegados de qualquer país, sem direito a voto.  Aprovada por unanimidade.
  5. Para a XIX Conferênciade Serviços Gerais de 1995 o tema “A Literatura de A.A. e os Três Legados”. Que as áreas desenvolvam essa ação e apresentem trabalho: para publicação na próxima apostila. Aprovada por unanimidade.
  6. Que seja elaborado um plano de visitas dos Delegados às instalações da JUNAAB e seus organismos de serviço por ocasião do inicio de cada Conferência realizada em São Paulo.   Aprovada por unanimidade.

1995, Santos-SP, 19ª CSG

Recomenda:

  1. Que os Grupos e Comitês de Distrito, encaminhem sugestões para enriquecimento desta Comissão, através do Comitê de Área, até o dia 30 de novembro do ano que antecede a Conferência, impreterivelmente, e que o Comitê de Assuntos da Conferência (CAC) encaminhe a compilação das sugestões de recomendações enviadas pelas áreas do Brasil, aos delegados de área, até 30 de janeiro do ano da Conferência.
  2. Que se adote como tema para a XXI Conferência de Serviços Gerais, ano 1997, "O A.A. Brasileiro Faz o seu Inventário".
  3. Que sejam admitidos a participar como observadores da Conferência, os Delegados de qualquer país, sem direito a voto.
  4. Que seja elaborado um plano de visitas dos Delegados às instalações da JUNAAB e seus organismos de serviço por ocasião do inicio de cada Conferência realizada em São Paulo.
  5. Que os Delegados participantes das Comissões de Agenda e de Custódios, após a conclusão de seus trabalhos sejam redistribuídos para outras Comissões.
  6. A aprovação da Agenda, com a seguinte alteração: Que se forme um grupo de trabalho composto de dois Delegados de cada região, um representante da Junta, e ainda o relator da Comissão de Manual, este sem direito a voto, para elaborar o projeto final do Manual de Serviços e dos Estatutos da JUNAAB; que esse grupo se reúna a partir de quinta-feira concomitantemente com as Comissões; concluídas as tarefas os resultados sejam submetidos à aprovação do Plenário.
Lido 1582 vezes Última modificação em Terça, 14 Agosto 2018 21:02

imagem02

imagem01

imagem03

imagem04

imagem05

imagem06

imagem07

imagem08